Monthly Archives: Fevereiro 2013

Actualizações recentes e o Ciberdúvidas

Aqui vai mais uma ronda de actualizações. No último post, foi colocada à disposição dos leitores a possibilidade de se pronunciarem sobre se o Ciberdúvidas deveria ser adicionado à lista de substituição. Assim, com 76% dos votos a favor e 24% contra, o Ciberdúvidas passará a ser “dobrado” pelo FoxReplace. Assim, ao todo foram adicionados os seguintes sites à lista de sites:

Em contrapartida, a entrada para o antigo site do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (meteo.pt) foi removida.

Quanto a novas palavras, foram adicionadas entradas para a palavra “asteroide” (sem acento) e para palavras como “intersetar” e “interseção” (antes só havia entradas para palavras como “intercetar” e “interceção”).

Anúncios

largodoscorreios

Isabel Pires de LimaIsabel Pires de Lima, conceituada professora catedrática especializada em Literatura Portuguesa, com especial realce para a obra de Eça de Queirós, antiga ministra da Cultura e deputada, é uma personalidade que dispensa qualquer apresentação.
Coerentemente, tem-se batido contra o famigerado AO e publicou no Diário de Notícias do passado dia 16 de Janeiro o notável artigo a seguir transcrito, com a devida vénia.

Há quase cinco anos, publiquei (Sol 22-03-2008), a propósito da ratificação do Acordo Ortográfico, um preocupado artigo de opinião intitulado em modo interrogativo “Acordo Ortográfico – Pior a emenda que o soneto”.

Pelo título do presente artigo, poderá o leitor adivinhar que a preocupação de hoje é maior que a de então porque os meus receios confirmaram-se e são acompanhados da mágoa que se sente quando se chamou a atenção para os perigos antes do desastre se consumar.

Muitos partilharam das minhas preocupações, pelo menos os…

View original post mais 729 palavras

O FoxReplace e o Ciberdúvidas

Para os que têm Facebook, pressuponho que já sejam “fãs” da nossa página no mesmo. Se o são (mas mesmo que não o sejam), é possível que também sejam “fãs” de outras páginas anti-AO90, como a ILC contra o Acordo Ortográfico ou a Tradutores Contra o Acordo Ortográfico, por exemplo. Isto tudo para dizer o quê (para além da publicidade gratuita)? Qualquer pessoa que siga qualquer uma destas páginas (mas não só) no Facebook há-de ter reparado, ultimamente, numa maior quantidade de “partilhas” para o site Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, pelas piores razões, como já é hábito quando o Acordo Ortográfico é tópico de discussão.

Até agora, eu tinha decidido que o site do Ciberdúvidas NÃO seria alvo das substituições feitas pelo FoxReplace, uma vez que, na altura, concluí que o site albergava muita informação em Português (e não acordês), apesar de alguns dos que lá escreviam escreverem e suportarem o AO90. No entanto, dadas as mais recentes acções e posições tomadas pelo site em questão, reconsiderei a minha posição e, por mim, o FoxReplace passaria a actuar no Ciberdúvidas. Mas não quero impor esta minha posição aos demais, uma vez que a mesma acarreta alguns “danos colaterais”, sendo o mais relevante (parece-me) o facto de sempre que se quiser ler alguma publicação do Ciberdúvidas relativa ao AO90, poder ser necessário desligar a funcionalidade de substituição automática de palavras aquando do carregamento da página (para quem faz uso desta funcionalidade), de modo a garantir que o conteúdo da mesma continua a fazer sentido, dado o seu contexto. Por exemplo, nesta resposta a uma pergunta, é inconveniente que o FoxReplace faça as suas substituições, pois isso leva à geração de frases como “É plausível que a conservação do p nesta forma se prenda com o intuito de evitar a homonímia que passa a existir entre o segundo elemento, óptica/óptica, «parte da física que trata da luz e dos fenômenos da visão», e óptica, derivado de óptico, do grego ōtikós «relativo às orelhas» (Houaiss).“, a qual, obviamente, deixa de fazer sentido se se escrever sempre “óptico(a)”.

Assim, considerando o exposto acima e quaisquer outras razões que ocorram ao leitor, venho por este meio pedir aos utilizadores do FoxReplace que digam de sua justiça sobre se desejam que o mesmo passe também a fazer as substituições do costume nas páginas do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, ou se, por outro lado, pretendem que as mesmas se mantenham sempre inalterada.

Meu Portugal, minha Lisboa

À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA E PRIMEIRO-MINISTRO

Em defesa da língua-mãe portuguesa – o português de Portugal

Estas minhas reflexões contra o chamado “Acordo Ortográfico” em nada põem em causa o meu respeito e consideração pelo povo brasileiro, pelo qual sinto admiração e afecto. Mas, não é por isso que aceito e estou de acordo com a uniformização irracional e utópica da língua portuguesa sob a bandeira e égide do Brasil – possivelmente o país da lusofonia onde se fala e escreve pior o português!   

O português foi levado para o Brasil pelos Portugueses, não foram os Brasileiros que o introduziram em Portugal. A língua-mãe é o português de Portugal, não o português do Brasil. Nenhum país europeu que tenha espalhado a sua língua pelo mundo abdicaria alguma vez da sua soberania a nível do ensino da mesma. Só um povo subserviente como o povo português, perante…

View original post mais 1.822 palavras