Um desabafo perante a psicose crónica acordista

Deparei-me com uma página intitulada Acordo Ortográfico e 2013 – por José Mauricio de Carvalho. Quando acabei de ler o seu conteúdo, partilhei a mesma no Facebook com um comentário a condizer. No entanto, devo dizer, o conteúdo da página é tão alucinante (no pior sentido possível) que não resisto em partilhar também aqui o mesmo comentário, talvez com apenas um bocadinho mais de texto, agora que estou de cabeça mais fria e me ocorre dizer ainda mais coisas.

Só a título de compreensão, o comentário consiste numa série de citações do próprio artigo, seguidas de um breve comentário ao conteúdo das mesmas.

E pronto, explicações dadas, aqui vai o comentário ao artigo:

Por que o acordo ortográfico é importante? Estudantes dos países lusófonos intensificarão a mobilidade nos próximos anos, sem acordo terão que estudar numa ortografia diferente da usada em seu país; diversas empresas brasileiras estão hoje atuando em países africanos de língua portuguesa, há muitos brasileiros vivendo lá e contratos sendo ali assinados, o acordo facilita tudo isto

HAHAHAHAHAHAHAHA(…)HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!

Gostei particularmente do “sem acordo terão que estudar numa ortografia diferente da usada em seu país”, especialmente QUANDO O BRASIL É O ÚNICO PAÍS DA CPLP COM GRAFIA DIFERENTE DAS RESTANTES!! E desculpem que vos diga, mas um brasileiro que não consiga perceber uma palavra portuguesa só porque tem um ‘p’ ou um ‘c’ a mais que a correspondente brasileira, tem problemas cognitivos mais graves. E mais: como se fosse o dever de qualquer país adaptar-se aos estrangeiros (ainda por cima falantes da mesma língua). Digam-me, quantas vezes é que foram a Espanha e foram os espanhóis que vos tentaram perceber? Ou então os ingleses e holandeses que vivem há anos no Algarve? Garanto-vos, não há muitos que falem português; é tudo em inglês.

o mercado editorial de todos os países lusófonos ganhará com o acordo, os livros editados num país poderão ser utilizados em todos os outros, incluídos os livros didáticos e complementares empregados no sistema educacional.

HAHAHAHAHAHAHAHA(…)HAHAHAHAHAHAHAHA!!!! x 2

Especialmente porque os programas escolares são os mesmos em todos os países!!

O principal motivo é que o acordo tornará a língua portuguesa uma das mais faladas do mundo

HAHAHAHAHAHAHAHA(…)HAHAHAHAHAHAHAHA!!!! x 3

Em primeiro lugar, o Português já é a 6ª língua mais falada no mundo. Em segundo, isto acontece só de si graças ao número de brasileiros no mundo, e não graças à língua propriamente dita. Por fim, como é que um recurso escrito torna uma língua mais falada?

Embora exista diferença de sotaque e estilo entre as outras línguas, a grafia delas é igual.

HAHAHAHAHAHAHAHA(…)HAHAHAHAHAHAHAHA!!!! x 4

O que foi escrito antes são tudo mentiras. Esta é simplesmente ignorância. Por exemplo: http://ilcao.cedilha.net/?p=5827

Não há caso de grafias diferentes de uma mesma língua. É o que devemos perseguir também para o português.

HAHAHAHAHAHAHAHA(…)HAHAHAHAHAHAHAHA!!!! x 5

Esta é ignorância ao quadrado. Deve pensar que os Americanos e os Ingleses, povos que comunicam em Inglês, a segunda língua mais falada no mundo, mas, sem dúvida, a “língua internacional”, escrevem “center”, “theater” e mais uma mão cheia de palavras da mesma maneira.

Certamente que há um nome em Português apropriado para pessoas que escrevem coisas destas…

Posted on 4 de Janeiro de 2013, in Notícias and tagged , , , . Bookmark the permalink. 3 comentários.

  1. Será besta quadrada?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: